Receita paga nesta sexta 1º lote de restituição do Imposto de Renda de 2017

Enquete

O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

Cotações e Índices

Moedas - 14/12/2017 16:22:27
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,339
  • 3,340
  • Paralelo
  • 3,230
  • 3,480
  • Turismo
  • 3,200
  • 3,470
  • Euro
  • 3,936
  • 3,938
  • Iene
  • 0,030
  • 0,030
  • Franco
  • 3,378
  • 3,378
  • Libra
  • 4,483
  • 4,485
  • Ouro
  • 134,720
  •  
Mensal - 22/11/2017
  • Índices
  • Set
  • Out
  • Inpc/Ibge
  • -0,02
  • 0,37
  • Ipc/Fipe
  • 0,02
  • 0,32
  • Ipc/Fgv
  • -0,02
  • 0,24
  • Igp-m/Fgv
  • 0,47
  • 0,20
  • Igp-di/Fgv
  • 0,62
  • 0,10
  • Selic
  • 0,64
  • 0,64
  • Poupança
  • 0,55
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,58
  • 0,58
  • TR
  • -
  • -

Obrigações do Dia

  • 15/Dezembro/2017
  • CIDE | Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico
  • COFINS/PIS-PASEP | Retenção na Fonte – Autopeças
  • INSS | Previdência Social

Cerca de 1,6 milhão de contribuintes serão contemplados. Por lei, idosos e pessoas com deficiência ou com doença grave têm preferência pela restituição no 1º lote.

A Receita Federal vai pagar nesta sexta-feira (16) o primeiro lote de restituição do Imposto de Renda de Pessoas Físicas 2017. O primeiro lote também incluirá restituições residuais de 2008 a 2016, informou a Receita.
No total, R$ 3 bilhões serão transferidos a 1.636.218 contribuintes. Por lei, idosos e contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou com alguma doença grave têm prioridade na restituição neste primeiro lote.
Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet (idg.receita.fazenda.gov.br) ou ligar para o telefone 146.
Os demais lotes de restituição vão ser pagos até dezembro, para os contribuintes cujas declarações não caíram em malha fina.


PERDEU O PRAZO? Veja o que fazer
Secretaria da Receita Federal informou ter recebido 28.524.560 de declarações do Imposto de Renda até o fim do prazo, que terminou às 23h59 de 28 de abril.
Foram mais declarações do que o governo esperava (a expectativa da Receita era receber 28,3 milhões de declarações neste ano). Desse total, 184.348 foram enviadas por dispositivos móveis.
Quem não entregou a declaração do IRPF 2017 dentro do prazo poderá fazê-lo a partir de terça-feira (2), mas já estará sujeito a multa de 1% do imposto devido, limitada a 20%, ou o mínimo de R$ 165,74.
Os contribuintes que enviaram a declaração no início do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências, receberão mais cedo as restituições, caso tenham direito.

fonte: g1.globo

Desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
LF Contabilidade  |  Rua Bernardino Fanganiello, 731 - Casa Verde - São Paulo / SP - CEP 02512 000   |   Fone: 11. 3856 6126